domingo, 14 de maio de 2017

Homenagem ao Dia das Mães!


Neste Dia, homenageio, com profunda gratidão, minha mãe e todas as mães, em sua energia materna. A mãe é figura perene, ancestral. Gerar,dar à luz, amamentar, acolher: eis sua força de raiz, sua natureza que prospera nas gerações sucessivas. Vida. Alimento. Afeto. Mãe é nutrição de sabores felizes, é bagagem de cuidado e de amor. Bagagem esta que recebemos e transmitimos de modo tão único que prescinde da palavra. 
Hoje, não venho falar de cozinha, não assim, inicialmente. Venho falar de carinho, de doçura, de risadas em conjunto, de ajudar no tema da escola, de ensinar a receita de lasanha, de visitar ruas fora do mapa, de viajar para terras distantes, de fazer lanche da tarde, de partilhar histórias e refeições. E tantas outras alegrias e aventuras, peripécias e descobertas. Na minha família, em que a cozinha tem um papel muito relevante, cozinhar juntas é algo que aprendi com minha mãe, com a mãe da minha mãe, Vó Léia, e com a mãe do meu pai, Vó Alda, que hoje faria aniversário (107 anos de seu nascimento). Em nossa história, os momentos culinários são, e sempre foram, episódios de muita força, reunião, encontro com nossas sementes. 

Neste dia das mães, que a gente homenageie a energia materna, essa linha de ancestralidade que nos trouxe até aqui e que nos faz seguir, dia após dia, nossos caminhos.
Caminhos de ser mãe ou de não ser, mas, isto sempre, de honrar a raiz que nos compôs, sendo filhos.
Que no dia de hoje, nós possamos celebrar as melhores virtudes da mãe que temos. 

Às mães, Feliz Dia!
 Aos filhos, felicidades por podermos compartilhar com nossas mães as coisas boas da vida. 

Com carinho,
Betina



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe! Vou adorar compartilhar emoções culinárias com você! Com carinho, Betina