domingo, 25 de agosto de 2013

O Pão de Salame e Funcho!


Pois o Pão de Salame e Funcho nasceu há uns três ou quatro anos, a partir da receita de uma querida amiga que o fez na Festa da Luminara, em Pisa, em 2004. Desta vivência conto no texto "O Pão da Luminara", no meu 'Pequeno Alfarrábio de Acepipes e Doçuras". Mantive as anotações guardadas por tempos, até que, em 2010, comecei com as tentativas. Na receita original da 'Impignolata', que recebi da Valéria, o pão é recheado com salame/ ou lingüiça/ ou presunto e queijo, e coberto com funcho. Resultado? Maravilhoso!!!! E irreproduzível! Acontece que, 'com a mão na massa', não me acertei neste formato. Chego a pensar que o sabor único que conheci, na festa com amigos em ocasião tão especial, deva ser preservado no território das memórias que nos abastecem daquela nostalgia boa de sentir. Assim, mantive aquela lembrança viva e  descobri minha releitura: ao invés de rechear a massa, rasgo as fatias de salame e, com toda a desordem, deixo a massa 'cravejada' dos pedaços. Levo-a, então, para descansar por 30 minutos a 1 hora. Fiz outras experiências, mudei quantidades e ingredientes, e cheguei  hoje em dia ao que tem dado certo.

Meu 'como-se-faz':

1kg de farinha de trigo, 1 pacote de fermento biológico em pó, água q.b. (para trabalhar a massa até desgrudar da mão.), azeite de oliva q.b., queijo parmesão ralado (100g.), salame italiano (400g). 

Com a farinha, o fermento biológico e a água, formo uma massa que desgrude das mãos. Acrescento o azeite de oliva, em quantidade suficiente para tornar a massa de toque leve e macio. Agrego o queijo parmesão ralado, e então novamente o azeite de oliva. Trabalho a massa 'afofando-a', sem sovar,  percebendo sua consistência que, pouco a pouco, torna-se 'almofádica' e de superfície lisa. Tendo rasgado as fatias de salame (cada uma em torno de 4 partes), coloco tais porções 'cravejando' a massa, afofo novamente. Outro ponto: como o queijo parmesão e o salame já são bem salgados, preferi não usar sal na receita. Deixo-a descansar por 30-45 minutos. Então, unto e enfarinho uma forma, abro ali a massa (conforme a figura) e pré-aqueço o forno em 180º C. por 10 minutos.
Em separado, diluo duas gemas com água (uma a duas colherinhas das de chá), acrescento à mistura dois pacotinhos de sementes de funcho, misturo bem e espalho  o conjunto sobre o pão (à mão e de modo homogêneo, na medida do possível).
Levo o pão ao forno por aproximadamente 1 hora, em 180ºC. Quando a superfície estiver dourando, testo com o palito para averiguar  se o resultado está pronto.
 Sirvo com geléias, manteiga, azeite de oliva, requeijão, kashmier...

Saboreie!!!!

Com carinho,
Betina 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe! Vou adorar compartilhar emoções culinárias com você! Com carinho, Betina