sábado, 29 de junho de 2013

A origem do "Nhoque da Sorte", colaboração da Prima Lu Diniz!

Olá!!! 

A partilha, neste blog, é a maior riqueza desta vivência 'cibernética' de forno-e-fogão!
A mim sempre parece que tenho, nos leitores, comensais de uma boa conversa na mesa da copa, em que alguém aprecia uma receita, e então lembra de outra com um dos ingredientes...uma conversa de lembranças, de sabores, de impressões, de risadas, de histórias, de horizontes...conversas de cozinha, daquelas que duram hoooooras,
e,  n´algum momento, alguém pergunta...

"...mas de onde mesmo vem aquela tradição de comer nhoque no dia 29?" 

Na nossa 'mesa' de hoje, há uma leitora que conta a resposta! Pois é uma prima querida, a Lúcia Diniz, filha da Tia Jacila e sobrinha da Vó Léia!
A Lúcia conhece histórias da família, causos de 'aqui e acolá', adora um bate-papo e, disse ela, ADORA um desafio! 
Então, um especial agradecimento à querida Prima Lu Diniz, que respondeu a proposta que indaguei na manhã deste 29: qual a origem da tradição do Nhoque da Sorte, dos dias 29?

"Conta a lenda que São Pantaleão, num certo dia 29 de dezembro, vestido de andarilho, perambulava por um vilarejo da Itália. Faminto, bateu a porta de uma casa e pediu comida. A família era grande e tinha pouca comida, mas apesar disso, eles não se importaram em dividir o seu nhoque com o andarilho, cabendo a cada um 7 massinhas. São Pantaleão comeu, agradeceu a acolhida e se foi. Quando foram recolher os pratos, descobriram que embaixo de cada um havia bastante dinheiro. Por isso, tradicionalmente, todo dia 29 é dia do nhoque da fortuna ou da sorte, acompanhado do famoso ritual de colocar dinheiro embaixo do prato, comer os primeiros sete pedacinhos em , fazer um pedido para cada um deles e depois, comer à vontade.

A simpatia é simples: coloca-se uma nota de qualquer valor sob o prato com nhoque. Pode ser dólar, real ou qualquer moeda estrangeira. Em seguida fique de e concentre-se para iniciar o ritual. No prato, separe sete nhoques e coma um a um. Para cada nhoque, faça um pedido diferente. Depois, sente-se e saboreie o restante do prato, de preferência com um bom vinho italiano. O dinheiro colocado sob o prato deve ficar guardado até o próximo dia 29, para garantir a fartura. Outros dizem que deve ser dado a alguém que necessite ou usado quando for feita nova simpatia."

No próximo 29 de julho, apliquem a simpatia!
E continuem participando das prosas e desafios do nosso blog!

Com carinho,
Betina



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe! Vou adorar compartilhar emoções culinárias com você! Com carinho, Betina