domingo, 7 de abril de 2013

Voltando das férias!

Boa noite! 

Bem, estive de férias na semana passada, desfrutando de São Paulo, para onde fui pelo lançamento do meu "Pequeno Alfarrábio", como contei na postagem anterior. 

Fiz uma pausa também nos escritos, enquanto buscava novas fontes para os próximos posts...Lugares que vivenciei, livros que conheci, novos passos caminhados. E mais um avental de cozinha, como não poderia deixar de ser! Adoro este capricho de comprar um avental a cada aventura!

E por falar em aventura...Nesta semana começo a experimentação das receitas para o próximo livro, ainda em processo inicial de ideias. Algumas maluquices já surgiram, outras estão anotadas com um graaaande ponto de interrogação ao lado, outras sorriem de um jeito tímido, olhando de soslaio pela página do caderno, espiando com uma carinha de "seráááá?".......Começamos um novo percurso de inventices: o que vem por aí?

Como sempre, é um mistério. Se um escritor é, muitas vezes, surpreendido pelo personagem criado, sinto-me, de um modo semelhante, surpreendida pela receita, que assume vida própria pelo encontro dos ingredientes. E este suspense é o encanto, o desafio, a força revolucionária da criação. Não é exagero: a cada nova ideia que me visita, percorro um espaço inédito de sabores possíveis, um prisma de experiências, combinações, estrepolias. 

Falaremos, então, na importância da novidade para o prazer...

Além das novas receitas, há outros temas a retomar, nos próximos dias, como a realização de um hobby que inclua  nosso amor, ou amigos, ou colegas. E a Gastronomia tem sido este hobby, tantas vezes! E há muito tempo...Um excelente exemplo vem do renomado gastrônomo e escritor Francês, Brillat-Savarin, que  escreveu em seu livro "A Fisiologia do Gosto" a meditação "A importância da Gourmandise para a Felicidade Conjugal"...Incrível, não?

Neste mesmo campo do bem-viver, um tema que vem sendo cada vez mais abordado é a Felicidade como meta, considerando-se os prazeres rotineiros e os afetos positivos; nesta linha, refere-se a importância da harmonia - e do prazer, é claro-nas relações cotidianas. 

E onde entra a culinária, aqui?

Esta é uma outra conversa na mesa da copa...

Bom início de semana!

Abraços,
Betina

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe! Vou adorar compartilhar emoções culinárias com você! Com carinho, Betina