sábado, 23 de março de 2013

Dulcia Domestica, uma sobremesa da Roma Antiga...

E como meu prazer culinário concentra-se principalmente nos acepipes e doçuras, partilho aqui uma sobremesa ("Secunda Mensa") que muito agradou meu paladar imaginário: a 'Dulcia Domestica', termo referente a doces caseiros.

Dulcia Domestica

Sabor surpreendente e extraordinário, que põe o ponto final nas refeições romanas. Recebe um toque de sal, imprescindível para aproveitar-se por inteiro experiência deste doce. Recomendados por Apicius, de quem contarei em uma postagem específica. 

Ingredientes:

10 tâmaras sem caroços
Nozes, pinolis e pimenta preta (calcula-se 1 noz, 6 pinolis e 2 grãos de pimenta por tâmara)
Mel e sal

Elaboração:

Moemos as nozes, os pinolis e a pimenta, amalgamando-os em um pouco de mel. Recheamos as tâmaras com esta mistura. Espalhamos, por cima, o sal (não muito fino). Colocamos, em uma panela, duas a três colheres (das de sopa) de mel, aquecendo-o; caramelizamos as tâmaras, retirando-as com cuidado para que não se rompam. Deixamos esfriar e servimos.
(fonte: Recetas con Historia-Ángeles Díaz Simón)

Há uma outra versão, que apresentarei na postagem seguinte, que usa o 'Mulsum' (vinho adoçado com mel) no preparo deste doce. Além do mais, outras sobremesas  da Roma Antiga merecem destaque, por sua história, seus ingredientes e pelo sabor que despertam no imaginário...

Bom Proveito!

Abraços,
Betina




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe! Vou adorar compartilhar emoções culinárias com você! Com carinho, Betina