sábado, 30 de março de 2013

A partilha do bacalhau na Sexta-Feira Santa!

Bom, hoje tivemos um radiante bacalhau em família, na comemoração desta Sexta-Feira Santa! Daquelas coisas que repito: a alegria da partilha, de conversar em volta da mesa, por horas. Risadas, memórias, sabor de família, mesmo. Sabor de ver o prato nascendo, enquanto degustávamos os aperitivos e ouvíamos boa música.

E fizemos até um Tapenade para acompanhar as bolachinhas!!! Azeitonas verdes, desta vez (o terço de um pacote, aproximadamente), combinadas com três filetes de anchovas, algumas folhinhas de manjericão, um dente de alho e o suco de meio limão: tudo no processador, que ficasse uma pasta rústica, com os pedacinhos dos ingredientes ainda 'identificáveis'. O resultado ficou contundente. Aliás, impetuoso: havia um tom de força, que se pronunciava de imediato, dado pelas azeitonas e pela anchova, contrastando com a refrescância do manjericão e do limão. Rapidíssimo de fazer, sai em dois toques. Por isto que é bom manter a despensa abastecida de boas surpresas!!!

E tudo acontecendo na cozinha. Enquanto conversávamos, o bacalhau era preparado na panela de ferro, e o cheirinho celebrava aquela parte deliciosa de compartilhar: o preparo. Para mim, este momento é muito significativo, pois nos torna de expectadores a participantes da cena culinária. Somos parte da história daquele almoço, conhecemos os ingredientes 'desde que nasceram' dentro da panela.

Por onde olhássemos, havia vida: na união dos compostos, colaborando para o aroma, na textura, no gosto, na melodia, nas cores do prato. Havia vida na conversa de cozinha, no bate-papo duradouro que acompanhou a comilança, na atmosfera festiva. E o bacalhau estava de repetir, repetir, repetir...

Hoje, posso afirmar, a culinária cumpriu um de seus principais objetivos: a integração, a comensalidade, a partilha do sabor que produzimos. A partilha do sabor que somos, em cada comida feita por nós. 

Uma reunião informal, um prazer calmo, uma boa cozinha: elementos que florescem , quando juntos. 
O produto-final? A felicidade!

Amanhã tem mais!!!

Boa noite!

Abraços,
Betina


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe! Vou adorar compartilhar emoções culinárias com você! Com carinho, Betina