segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

O Espetáculo!



 A receita torna-se viva quando nos dedicamos ao seu preparo. Quando somos nós, ali, à beira do fogão, os responsáveis pela liga dos compostos, pelo prazer dos convidados, pela harmonia entre cores e formas sobre a mesa.
 Quando somos nós os autores, os ingredientes tornam-se personagens de nosso projeto... Mas que ironia: eis que, num vento súbito, tudo muda: eles surpreendem-nos com resultados inimagináveis nos sabores, nos aromas, nas texturas, nos sons, nos tons. Éramos os autores, até ali: agora, os elementos é que são autores, diretores e personagens da cena. Tornamo-nos expectadores, meros expectadores deste processo, aprendemos a esperar o tempo que precise pela performance em cena, sabemos que a 'peça' tem seu ritmo específico, que independe de nós. Somos, ao final, maravilhados com  o efeito das misturas.
Por isto, percebi: no caderno, os ingredientes devem apresentar-se em letras iniciais maiúsculas. São, sim, personagens do enredo culinário, de nomes próprios e tudo...

As histórias a contar são muitas, e desconhecemos os finais. Há que se entrar na cozinha, vestir o avental, e deixar que a receita apresente seu espetáculo!

Abraço,
Betina Mariante Cardoso



2 comentários:

  1. Bem assim!
    E o mais legal que tenho experimentado é que nossos convidados saem da postura de expectadores e se envolvem, dando um sentido completamente novo à produção e ao resultado!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lívia!! Que ótimo depoimento! Este 'envolver-se com o processo' é, a meu ver, a mágica da cozinha! Bjs e obrigada pelo comentário!

      Excluir

Participe! Vou adorar compartilhar emoções culinárias com você! Com carinho, Betina