domingo, 30 de setembro de 2012

Planejando receitas de Piquenique...

Hoje o tempo foi curto, e consegui há pouco começar a leitura do "Urban Picnic"...O livro tem virtudes interessantíssimas, como a harmonização dos pratos com a bebida, como é de costume, e...Com as músicas ideais para acompanhar os quitutes! Há comentários valiosos no início dos cardápios, das escolhas, tudo criando uma atmosfera propícia para a expectativa da festa ao ar livre. 
E hoje ganhei, a propósito da temática do Blog nesta estação, um livro de comidinhas para comer com as mãos: Fantástico!!
Bom, ontem comecei a preparar um 'Menu fantasia' para um piquenique, tomando nota, num 'brain storm', de todos os acepipes e doçuras que poderiam compor a cesta. Foi bem divertido, ainda hoje   rabisquei umas ideias. 


Da Natureza do Cardápio...
Claro que este tipo de celebração evoca liberdade, amplidão, natureza, simplicidade no preparo dos alimentos, colaboração('cada um leva uma coisa'), tudo isso. Não vou 'inventar moda' e criar mil elaborações complexas, mas algumas receitas, mais complicadinhas, também dão um charme ao evento.
Pois quero contar da 'Orelha' de Funghi Porcini que preparei há uns meses, e do sanduichinho de presunto de Parma com Alcachofra. O primeiro dá um pouco mais de trabalho para fazer; o segundo, para encontrar os ingredientes num valor acessível. De qualquer modo, em ocasiões especiais, valem os pequenos luxos...Aqui no 'Serendipity in Cucina', também, é possível adaptar várias das propostas para um piquenique, como o 'Pão-de-minuto de três queijos', os patês, a folha de mussarela (já acondicionada em fatias para o passeio), e tantos outros. A 'orelha' foi fruto de uma adaptação que fiz de uma receita presente num livro de entradas, onde ela estava apresentada com recheio de manjericão. Modifiquei o recheio, mas segui à risca as indicações, e ficou uma delícia, modéstia à parte...O sanduíche é a minha versão de um destes que comi num bar rotineiro, em frente à Torre de Pisa, num achado incidental. Gostei tanto que registrei no meu diário de viagem, manuscrito que nutria na época em que estive por lá (a página está na postagem seguinte). A leveza na textura e o sabor delicado e, ao mesmo tempo, impetuoso, fazem desta receita uma boa possibilidade para inovar naqueles sanduichinhos práticos de piquenique. 

Amanhã, as orientações e curiosidades para a elaboração!

Abraços,
Betina Mariante Cardoso

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe! Vou adorar compartilhar emoções culinárias com você! Com carinho, Betina